Má alimentação e sedentarismo

Má alimentação e sedentarismo provocam aumento de casos de câncer colorretal

Um estudo compara como anda a saúde e a alimentação dos brasileiros, e os índices são preocupantes. De acordo com o Ministério da Saúde, em abril o consumo médio de carnes com excesso de gordura chega a 33% da população, enquanto que o de frutas, verduras e legumes é de apenas 19%. Outro dado preocupante é que as atividades físicas são praticadas por apenas 14,7% da população durante o seu tempo livre.

“Diante de nossa rotina de trabalho não nos atentamos para a prática de atividades físicas na frequência mínima necessária (pelo menos de duas a três vezes por semana) para a manutenção da saúde, o que vem aumentando o índice de doenças relacionadas ao sedentarismo”, comenta a tutora do Portal Educação, educadora física Bianca de Lima.

O alerta é feito porque esse sedentarismo e a má alimentação causam sérios problemas de saúde, como o aumento de casos de doenças cardíacas e de câncer colorretal no Brasil. Segundo o médico José Luiz Capalbo, coordenador do Centro de Gastroenterologia do Hospital 9 de Julho, em São Paulo, a população brasileira tem que mudar essa tendência, se não provavelmente o número de doenças crônicas deve aumentar ainda mais nos próximos anos, tais como problemas cardíacos, diabetes tipo 2 e cânceres de mama, cólon e reto.

Capalbo ainda acrescenta os dados de epidemiologia do hospital, dos quais apresenta que entre os anos de 2008 e 2009 houve um crescimento de 40% nos episódios de câncer colorretal diagnosticados.

Câncer colorretal

É uma anemia de origem indeterminada e suspeita de perda crônica de sangue no hemograma. Normalmente ocorre em pessoas acima de 50 anos. Se confirmado o diagnóstico de câncer colorretal, o tratamento é cirúrgico, com a retirada da parte do intestino afetada e os linfonodos próximos à região. A possibilidade de retorno do tumor é diminuída com a quimioterapia e, mais raramente, a radioterapia, associadas ou não.

Assessoria de Comunicação – Portal educação

imprensa@portaleducacao.com.br

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Conectar-se
Patrocinadores